Orçamento familiar: como controlar receitas e despesas e produzir riqueza

capinhaSe você, que me acompanha neste blog, leu o artigo A filosofia de construção da riqueza: pensar no futuro – Parte 3, se lembra da seguinte frase: “Para criar a disciplina financeira, a melhor recomendação é preparar um orçamento pessoal escrito, assim que recebe o salário e imediatamente separar o dinheiro que será economizado. (....) Durante o mês, anote todas as despesas realizadas. Antes de tomar qualquer decisão, analise o orçamento. O orçamento escrito funciona como um instrumento disciplinador. Vamos ver aqui um modelo de orçamento familiar analítico, construído em planilhas de Excel, que permite que as pessoas planejem seus gastos e analisem a evolução e possíveis tendências. Se você se interessou, continue comigo no “Leia mais” para verificar que é um modelo muito interessante e de fácil utilização.

Se preferir uma adaptação preparada por uma jornalista profissional, acesse:
Adaptação resumida deste artigo

Com a chegada do final do ano, as pessoas têm o hábito de fazer uma retrospectiva do que ocorreu no ano e fazer alguns planos para o ano seguinte. Plano de emagrecer, por exemplo, dificilmente se concretiza! Mas, planos financeiros são mais fáceis de implementar, porque podemos, num mês, corrigir os erros do mês anterior, se ocorreram.
Da mesma forma que as empresas bem administradas estão, nesta época do ano, preparando seus orçamentos para o ano seguinte, as pessoas que querem levar uma vida com pouco “estresse financeiro” também têm que se planejar. E o planejamento começa com a resposta à seguinte pergunta: “Quais são seu objetivos econômicos para o próximo ano?”
Vários objetivos podem ser visualizados quando alguém pensa em economizar dinheiro. Para cada objetivo, temos uma questão central a ser considerada:
1. Ter uma reserva para emergências – de quanto você precisa?
2. Quitar dívidas – qual é o valor total e o prazo para a quitação?
3. Adquirir imóvel – qual o valor do imóvel pretendido e quando quer comprar?
4. Garantir a aposentadoria – qual é o valor da renda mensal pretendida após aposentadoria?
5. Ficar rico – em quanto tempo?
É claro que, para atingir qualquer um desses objetivos, é preciso que seus gastos totais sejam inferiores a sua renda total. Também não precisamos meditar muito para percebermos que nossas fontes de receita são mais inflexíveis do que as oportunidades de gastos. A conclusão clara é que, se não controlarmos nossos gastos, dentro de nossa receita, vamos ter déficits e vamos nos endividar. Então, raciocine comigo: se alguém tem déficit mensal em seu orçamento familiar, certamente está se endividando de alguma forma, e com isso, cria um novo gasto que costuma ser muito pesado: pagamento de juros.

Essa é a razão principal para você preparar um orçamento financeiro: o endividamento pessoal costuma virar uma “bola de neve” e sair dele vai exigir um esforço muito maior.
"


Imprimir