Porque o Brasil ficou para trás

Como retirar as pedras do caminho do desenvolvimento

Correndo atras 2Na década de 1960 o Brasil era considerado o país mais promissor para entrar no clube dos ricos – países de renda per capita elevada. O que deu errado? Por que continuamos até hoje como um país de renda média? No artigo anterior nós conversamos sobre um dos principais bloqueios ao desenvolvimento: uma elite extrativista que, com pequena parcela de 2% da população, se apropria de 50% dos impostos recolhidos de toda a população.

Mas, você pode estar se perguntando. Seria só isso?  Na verdade, há outra razão muito importante que vamos analisar nesta conversa: a qualidade da produção da elite científica do país. Ou seja, a produção de ciência que resulte em inovação de produtos e processos que criem benefícios econômicos (patentes). Continue comigo.

O Brasil está preso na armadilha da renda média. E agora?

Apenas 2% da população se apropria de 50% dos impostos. Esta é a armadilha.

elefante

Assim, não sobra dinheiro para investir. Por isso, a economia brasileira não cresce e a vida dos brasileiros não melhora.

Armadilha da renda média, o que é isso? Vamos conversar sobre esse conceito e você mesmo identificará nas notícias da imprensa os sinais que demonstram esse bloqueio para nosso desenvolvimento. Observando bem a figura, você vai entender bem o que é essa armadilha.

Continue comigo.

NOVO GOVERNO, ESTÁ NA HORA DE INVESTIR?

oficialO que podemos esperar do novo ambiente econômico

Professor, está na hora de investir? Esta é uma pergunta que tenho escutado várias vezes depois da posse do novo governo.  No artigo anterior “Passadas as eleições, o que podemos esperar da economia?”, construí dois cenários para a economia brasileira. Agora está na hora de aumentar as apostas em um dos cenários. Quer saber qual? Continue comigo. 

Vou de táxi ou de carro?

decarro

Essa é uma dúvida que tem incomodado, cada vez mais, grande número de pessoas, principalmente nas grandes cidades. Congestionamentos, dificuldades para estacionar e outros inconvenientes têm levado muitas pessoas a pensarem em deixar o carro em casa e chamar um táxi. Vale a pena? Em artigo anterior discutimos nesse espaço a metodologia para se calcular o custo mensal de um carro. Consulte o artigo: “Quanto custa seu carro por mês, você sabe?”.

Quanto custa seu carro por mês, você sabe?

 Carro é solução ou problema?

 Custo carro fig 6Comprar um carro novo, muitas vezes, é a realização de um sonho, uma conquista, recompensa de esforços pessoais. Muitas pessoas ainda consideram o carro como um bem. Alguns exageram um pouco e o consideram como um patrimônio. Mas, muitas pessoas já questionam a necessidade de comprar um carro. Se você está pensando no assunto, me acompanhe até o final. Vamos falar do custo fixo que você tem, simplesmente porque comprou o carro. Você poderá se surpreender.  

{fastsocialshare

Evite as armadilhas dos anúncios com juro baixo

mbO carro é bonito, mas o juro de 0,64% ao mês é real?
No ultimo fim de semana, folheando um jornal, encontrei o anúncio abaixo. Por curiosidade, resolvi conferir as condições financeiras para verificar se o juro é realmente de 0,64% ao mês. O anúncio estabelece as seguintes condições:

• Preço à vista: R$ 128.900,00;
• Entrada mínima de 50%, no valor de R$ 64.450,00;
• Número de prestações igual a 24;
• Valor da prestação, incluindo IOF e TC, igual a R$ 3.047,22.

Quer saber qual é a taxa real do financiamento? Continue comigo.

De assalariado a milionário, é possível?

artigo10Essa é uma pergunta que escutei dezenas de vezes ao longo de meus 42 anos de magistério. Se olharmos as estatísticas, veremos que a cada ano em torno de 10.000 pessoas acumulam mais de 1 milhão de dólares em bens no Brasil, excluindo a casa própria. Não há aqui uma estatística mostrando quantos assalariados estão nesse grupo, mas se olharmos para as estatísticas dos EUA, podemos imaginar que um número razoável dos novos milionários são assalariados. Evidentemente que não é fácil atingir essa marca, mas conheço muitas pessoas que conseguiram. Quer saber como?

Continue comigo no "Leia mais". 

A criação da riqueza pessoal. Como?

art11

A habilidade de controlar o que é controlável e de não se afligir com o que não o é.” Como diz o poeta, “a graça da vida está no inesperado”. Convivemos com a incerteza em tudo o que fazemos e, por isso, todas as nossas decisões apresentam um grau de risco. Principalmente, as decisões financeiras.

Aqueles que fazem seus orçamentos mensais no final de cada mês, quando recebem o salário, sabem como é difícil segui-lo à risca. Os gastos extras sempre ocorrem e, muitas vezes, são inevitáveis. E assim, “a vaca vai para o brejo”. (Já pensou na dificuldade de desatolar uma vaca que entrou no brejo?).

Orçamento familiar: como controlar receitas e despesas e produzir riqueza

capinhaSe você, que me acompanha neste blog, leu o artigo A filosofia de construção da riqueza: pensar no futuro – Parte 3, se lembra da seguinte frase: “Para criar a disciplina financeira, a melhor recomendação é preparar um orçamento pessoal escrito, assim que recebe o salário e imediatamente separar o dinheiro que será economizado. (....) Durante o mês, anote todas as despesas realizadas. Antes de tomar qualquer decisão, analise o orçamento. O orçamento escrito funciona como um instrumento disciplinador. Vamos ver aqui um modelo de orçamento familiar analítico, construído em planilhas de Excel, que permite que as pessoas planejem seus gastos e analisem a evolução e possíveis tendências. Se você se interessou, continue comigo no “Leia mais” para verificar que é um modelo muito interessante e de fácil utilização.